O CARA PERFEITO ??

Publicado por: simone em 18/02/2018
Categoria: Hetero
Leituras: 1993 / Votos: 0 / Comentários: 0
Eu tinha 20 anos, já tinha transado com alguns caras, porém nunca avia chegado no ápice do meu prazer, resumindo nunca avia gozado, orgasmo então ? Não sabia oq era isso!
Eu era casada com um cara q era um bosta na cama, sabe o galo quando pega uma galinha ? Pois é parecia isso, era bruto não sabia foder e não demorava nem 3 minutos, e eu achava q era normal afinal foi meu primeiro homem!
Com o tempo conheci pessoas novas e um certo dia me mandaram uma mensagem, mds q homem lindo era aquela, sabe aquele sorriso perfeito, aquela carinha de cafajeste ? Então daquele jeitinho, fomos nos conhecendo por mensagem, e as conversas foram ficando quentes intensas, aquelas promessas sensuais, q iludi qualquer mulher né, então um dia eu estava na casa da minha prima e liguei pra ele pedindo para ele ir lá, senhor quando vi ele pessoalmente não dava nada para ele, por ele ser pouca coisa mais baixo q eu, imaginei, merda, o cara não deve ter nem um pau descente, me enganei!
Começamos a nus pegar e derrepente eu fiquei de joelhos para ele, então eu abri a sua calça e tirei ela, aquela coisa já estava dura e já dava para ver o tamanho pela cueca box dele, eu estava assustada rs
Quando tirei sua cueca eu falei sem pensar
- Eita poha vc só é baixinho em
Ele riu, mais pensa num baixinho com um pau enorme mds kkk foi engraçada a minha reação, continuamos a nos amassar e foi ficando quente, aquela boca chupava a minha buceta maravilhosamente bem, senhor de onde tinha saído aquele tesão de homem sem contar naquele corpinho perfeito q ele tinha, ele me chupava deliciosamente e parava colocava 2 dedos dentro de mim e com o outro ele circulava meu clitóris, eu estava explodindo de tesão nunca tinha sentido nada parecido, eu estava encharcada não era molhada era encharcada, e com a minha excitação ele massageava minha bunda meus seios minhas pernas meu corpo todo, oq foi fazendo todos os meus sentidos ficarem embaraçados, aaaah como eu queria aquele homem, e derrepente eu estava gozando na boca dele, e ele disse nossa como vc é doce, aaaah papai eu me acabei quando vi ele já tinha me colocado de quatro pra ele, deu um forte tapa na minha bunda e meteu, mds se o dedo estava bom imagina o pau, ele me fodia sem parar muito e que delícia, segurava meu quadril e empurrava com força me dando aquelas estocadas q machucam, q delícia eu amei tudo aquilo, ele puxava meus cabelos e me chamava de cachorra e derrepente eu estava de lado, e ele me podendo muito acariciando meu corpo e me dando uns tapas, ele me fazia chupar os dedos dele enquanto me penetrava, chupava meus seios e mordiscava os bicos q tesão!
Foi quando ele me pediu para sentar para ele, eu não sou de me gabar mais já tinha uma certa experiência em sentar, então sentei naquele pau mal me abaixei e já senti cutucar, mais desci até o fim, e comecei aquele sobe e desce puxando meus próprios cabelos com uma mão e com a outra segurando meus seios, eu sentava como se estivesse cavalgando quando vi ele estava se contorcendo embaixo de mim, fazia caras e bocas tão sexy q eu logo percebi ele vai gozar, então virei de costas pra ele e comecei a rebolar em cima dele e subindo e descendo, não demorou muito e ele gozou soltando um gemido sedutor, aí eu deitei ao lado dele achando q já tinha acabado, derrepente esse homem me pegou de frente e começou a me foder ferozmente como se não tivesse sido suficiente, ele metia com tanta vontade q eu fui sentindo os meus sentidos embaraçar de novo, eu percebi q eu ia gozar de novo e ele deu o aquela rebolada no quadril q o pau da aquela mexida maravilhosa, pra acabar cmg ele falou no meu ouvido
- goza pra mim minha putinha!
Então eu gozei chamando o nome dele!
Depois disso continuamos com as nossas fodas sacanas


Comentários

Seja o primeiro a comentar nesse conto