O atendente editado

Publicado por: alerandrovegas em 23/08/2020
Categoria: Corno
Leituras: 399 / Votos: 0 / Comentários: 0
Nosso final de semana foi bom , eu e minha esposa já vivemos o swing por um bom tempo . Hoje saímos esporadicamente , uma festa um encontro , bem temos uma diferença de idade de 12 anos , ela mudou com tempo , mas está linda ainda , é  a mulher que quando chega tanto nas casas como em outros lugares chama atenção. Loira em tom dourado 1,68 de altura , peso , kkkkk não se comenta mas está em ponto Kkkkkkkk hoje com a barriguinha usa roupas não tão coladas , uma bunda linda tamanho M os seios GG (56) caprichados , um par de coxas lisas macias , ela se cuida , cremes cremes , kkkk kkk , bem estava no trabalho . Ela me liga , tinha recebido um pedido de Luiza e Roberto (amigos de muito tempo ). Eles conheciam um single ,  era uma pessoa muito legal Ricardo , conhecemos ele a algums meses na casa deles , os dois estavam com problemas pessoais e não podiam ir encontrar ele , Lu explica que toda vez que vem a SP é um show , jantar , passeio e o motel 5 estrelas e sempre algum presentinho , só que eles não poderiam ir e ela lembrou da gente , queria saber se poderíamos ir , ela passou o perfil da gente , Patrícia estava esperando ele entrar no msn para bater um papo , ela me pergunta se deve , eu apenas peço cuidado e veja se vale a pena , e vc que decide . Beijos , desligo .
A noite chego conversamos , ela me fala que combinou na quarta início de noite , iríamos encontrá-lo  jantar , e depois se o papo for mesmo legal quem sabe , ia depender muito , bem ela entra em contato, Ricardo é  casado mulher e filhos em outra cidade vem a SP a trabalho e vai as casas para encontros,  levou um tempo para conseguir fazer parte de um grupo swing , Luiza e Roberto foram os que conheceram ele a muito tempo. Minha esposa na terça conversa com ele em nenhum momento ele abriu ou pediu Cam e nem fotos picantes , Ricardo conersa ,   o papo , e perguntas , desde coisas normais vida pessoal , mas sobre sexo apenas algumas curiosidade , Ricardo _seu marido curte bi masculino ? Ele permite vc com outros homens? Ela ri , abre a Câmera, aparece, cabelo solto óculos, nada de mais , e responde , não, ele não curte bi masculino , e sim ele permite , ele gosta de me ver com outros , e Nós só saimos juntos Casal ou Single sempre juntos , quando é ménage ele participa seu eu quero . Não saímos separados . Ricardo gosta da resposta , ele agora pergunta se ela teria alguma foto mais ousada , se poderia colocar uma dela , minha esposa pede um minuto e muda , ela usava um escarpim azul estava de perfil nua, cabelo no rosto , e cobria os seios , tinhamos muitas mas essas era para perfis de homens mais maduros , esses gostam de imaginar . Ele olha e simplesmente diz um Lindaaaaaaa , parabéns. Kkkkk risos . Preso o respeito e não procuro problemas apenas bom papo e prazer. Bem chego em casa , ela conta , e diz que marcou .ok

Confirmado o horário.  Saio mais cedo , nosso filho na casa de minha sogra , fui direto , cheguei o cheiro pela casa era de creme corporal , entro , somente o som tocando , ela estva no quarto já de salto , fio dental preto e sutiã  meia taça,  Eu _ oi , gatona  já está pronta , não precisa de mais nada kkkkk kkkkk rimos juntos Ela _pudesse ia assim com esse calor mas .......  eu dou um beijo e um cheiro , os cabelos lisos shampoo delícia,  a pele macia , lisa , o perfume ali , a bolsinha já está com batom , balas um tubo de lubrificante e Documentos e outras coisas . Desço para o banho , barba cabelo e depilar também ela adora tudo liso . Quando subo ela na escada , o vestido era preto , ia até os joelhos , um decote em V caprichado cobria o sutiã mas o colo dos seios com uma garantia escorria bem no meio deles um P dourado ficava ali se balançando , por serem grandes dava um volume lindo as costas fechada .Fiquei com tesão a make caprichada,  ela sabia fazer uma make profissional , rímel e lápis os olhos verdes se destacavam as pálpebras com uma cor escura mas não forte ,fiuuuuu fiuuuuuuuu. 
Vamos lá, era na zona sul , era um ponto de encontro do pessoal de algumas empresas , muvuca mas só com nome na lista , era caro , legal , musica ao vivo , deixo carro ela desce seguro em sua mão , damos o nome na entrada , recepcao informa que Senhor Ricardo ainda não chegou,  pediu para deixa vcs a vontade . Entramos , estava cheio gente nova , e pessoal mais maduro , funcionários de empresas ,diretores bebidas , a mesa reservada , fomos lá, estávamos com uma bela vista da região, algums dançam , outros bebem, minha esposa chamou a atenção, até chegar a mesa foi muitos olhares desde novos como os mais velhos e até algums mulheres , ficamos ali , o cardápio, pedimos duas long necks , quando a bebida chega Ricardo aparece na porta , a moça mostra , ele levanta o braço, retribuo, ele deixa uma mala , o rapaz leva , e entra , ainda de gravata , o paletó fica com a mala , vem arregacando as mangas , Boa noite Edson ? Sim Ricardo   ? tudo bem , um aperto de mão mais forte e um tapa no ombro , ele da volta na mesa , Patrícia, só posso dizer Boa noite , dois beijos, ele pega as duas mãos dela olha , fica de boca aberta , Ela _ bem diferente daquela de óculos né? Ele ri , vamos sentar , já pediram algo , mostro as cervejas , ele chama o garçon , manda chopp, e a mesma marca e até mais leve, manda 3 , eu peço 2 tequilas , ele me olha , Eu e A Patrícia adoramos tequila kkkk manda 3 de 3 Kkkkkkk , o papo sobre como vivemos em São Paulo que loucura , trânsito, o básico   chega às bebidas , o som está alto agora , sertanejo , Patrícia adora , e ele deve matar a saudade de casa , um brinde , levanta a tequila que eu seja bem aceito por vcs e obrigado por terem vindo , sal limão . Eu vou em uma só, os dois em duas goladas , ele pergunta direto sobre como entramos no swing , quem foi o que teve iniciativa , o papo flui os cabelos estavam com fios brancos , o sorriso sincero , ria , conta da sua vida e diz que esposa não curte , mas sabe de certas aventuras dele . Ele é do tipo que fala rápido, mas quando Patrícia fala ele escuta , da toda atenção a ela , mais 3 choops, e uma porção, ela tinha escolhido, a música legal e mais cheio o lugar , comemos , bebemos o papo estava muito muito legal , Patrícia parecia que o conhecia à tempos , questiona ele em questões da vida dele , sobre os filhos e sobre a esposa , estavam em sintonia no papo , eu dava alguma intervenções, ele ouvia , percebeu como eramos e parou um moménto , gente vou ao banheiro já retorno , ficamos. Ela me olha e já manda , Podemos ? Eu dou risada e olho e digo sim , beijos , ele fica toda , toda , ele retorna e ela sem rodeios , sim vamos , ele não entende eu olho ela se levanta , vou ao banheiro , olho ela , e Ricardo também o vestido não era colado mas deixava as marcas , , ele me olha e pergunta mais coisas sou sincero que única coisa que peço, respeite faça o que ela pedir . Ele concorda , ela volta , eu agora , Ricardo pede a conta , os dois agora conversam , tinha de atrvesar o salão e todos , ele conversa e pergunta se poderíamos realizar uma fantasia para ele . Ela ouve , ouve , quando retorno já estava pago , bebo o meu chopp e vamos saindo , ele pega a mala , coloco no porta malas , tenho uma Blazer Chevrolet, fecho ele paga o valet , ela entra , ele , ela me pede algo , Precisamos passar em desses mercados 24 horas pode ser ? Ricardo atrás, preciso pegar só algumas coisas pode ser , ok lembro de um que o padrão é estacionamento 2 andares , vamos até lá 20 minutos , Ricardo atrás, o cheiro do perfume , ela está passando batom , ele se ajeita , suas mãos abraçam o banco e vai até ela , seus seios são o alvo , ele apenas desliza, sente a maciez por cima do bojo do vestido e do sutiã , ele tenta ir até as pernas , ela vira , da um beijo molhado línguas Ricardo se apoia , sua mão vai direto nos seios, ele sente melhor agora . Estamos chegando , entro , ela pede para parar no fundo , eu estranho e vou eles me olham e ela explica ........ descemos os 3 . Algums minutos depois , vamos saindo ele comprou chocolates , bolachas s cervejas, salgadinhos vamos para o carro .


o ticket do estacionamento , descemos a rampa , ela chamava atenção,  Ricardo vai de lado , não imaginava isso , obrigado a vcs . Risos ela e eu também.  Bem como estacionei no fundo entre duas paredes ,entramos ligo faço o carro dar uma rateada e não pegar , fiz duas vezes . Abro porta ela sentada , Ricardo desce , abri o capô e começamos a rir , logo aparece um dos atendentes , magro , jaleco , muitos as vezes jovens ou já com 18 anos , eis que o que vem era até um pouco maior que o normal Lucas no crachá,  a blazer era grande ela dentro o vestido era de tecido mole mesmo , ela agora enquanto falamos com o rapaz se ajeitava ,abriu os 3 botões abaixou as alças deixando como tomara que caia , tirou o sutiã,  e levantou a saia até as coxas grossas, ela bate no vidro era o sinal Ricardo pega o celular vai para o banco de trás,  eu peço ao atendente agora para ele dar uma olhada ver se acendeu uma luz no painel ele só vai e vê,  ela estava passando o batom as coxas amostra , o vestido deixa os seios lindos , ele não sabe se olha painel ou ela ali . Ela vira e diz , a luz é  aqui rapaz vc tem de dar a volta .


aqui rapaz vem , tem de dar a volta , ele passa por mim eu mostro , ele vai , ela agora parou o batom ajeita a o cabelo , seus braços levantam os seios não aparecem totalmente parecem dois melões mas só uma parte das aureolas  rosadas , ela cruza as pernas olhando o espelho   é naquele botão ali na luz verde . O rapaz fica ali , o cheiro do perfume seduz , Ricardo atrás disfarça no star tak não tinha Câmara ainda em célular  , eu ali olho no meio do Capô pergunto Tá ligada ?   ela agora mostra e aperta o botão a luz fica verde ,o atendente avisa , ele olha para ela , magro , ombros largos , já suado do dia , rosto com espinhas , Moreno,  não era bonito mas ia servir , ela se dobra e liga a chave , o vestido deixa a mostra sua bunda , o carro pega , o rapaz fica com cara de triste , ela olha e fala , vc quer fazer um favor para gente , ele olha e só balança ,  olhava os seios que ali estavam querendo sair , este amigo aqui gostaria de fazer um desafio para vc , simples , eu estou aqui , vc aí,  só pode colocar a cabeça dentro do carro com as mãos para trás e tentar me lamber aceita ? Simples assim aceita?

Ricardo ri parou o celular , eu apenas olho , o rapaz nem pensa direito vejo ele colocar os braços para traz , e a cabeça dentro e ela ri , agora desce o vestido , Ricardo olha o rapaz só vê ela e os seios grandes rosados , ela pega na bolsa o tubinho era óleo mineral passa neles , Lucas agora entra de cabeça na porta , ela só observa , ele vai a 1 tenta , 2 tenta , nada , tenta de novo . Não consegue , ela olha e vê a dificuldade , Lucas agora só queria poder pelo menos cheirar , seu nariz chegou perto ,  ela ali deixou ele cheirar , ele não desiste , pede para poder usar pelo menos uma mão,  ela olha , depois de tantas tentativas da um sorriso e nada, Patrícia _ olha vou deixar vc usar uma mão , mas eu vou me mexer ok. Lucas agora se anima , o rapaz agora usa uma mão e se apoia , ele agora vai . Seu nariz passa , ela se mexe , ele tenta , saltinhos , a mão ajuda , seus ombros passam mas ele não consegue ,

Ela ri , estava no limite , o jovem ali desesperado,  seu rosto cheio de espinhas a língua saia e voltava , Ricardo apenas olhava o porquê dessa situação ele explicou que devido os problemas de sua esposa nunca teve oportunidade de fazer certas coisas e essa era uma delas , Lucas foi escorregando , saindo para fora , um olhar de frustração,  a última tentativa , ele tenta , ela olha e naquele momento ela só diz , vc é bem esforçado , então vou deixar vc mamar , mas vou contar até 10 aceita ? Ele agora apenas espera ,ela pede para colocar os braços atrás , ele agora se encosta na porta sua cabeça e pescoço, ela chega com os dois perto , ele abre a boca , o seio esquerdo do lado do encosto , fica mais difícil Lucas molha os lábios e vai , a boca engole o bico , sua língua gira em volta , macio cheiroso , ele se empolga,  ela ri e pede para ir mais devagar , calma , bezerrinho , mama devagar , ele obedece , ele suga , ele olha ela, ela começa 1 2 3 4 5 tira o esquerdo agora o direito o bico saiu todo melado Lucas até babou , ela da o outro ele vai de novo
devagar , ele quer agarrar ela , não pode , ele se equilibra , ela conta um , doooooooooiiiiiiiiissssssss, doooooooooiiiiiiiiissssssss e meio , treeeeeeeeesssssssss e meio quatrooooooooooo cincooooooooo e 1/ 4 ele continua se pudesse engolia ele todo , cinco e meio , a babá desce , cincooooooo e meio, ela tira , rindo Lucas limpa a babá,  Ricardo olha , ela agora se ajeita,  eu agora entro no carro,  ela olha Lucas , passa a mão no rosto dele , e vamos saindo . Esse vai bater punheta a noite toda kkkkkkkkk , saímos,  Ricardo ri agradece vamos indo , ele diz que precisava de um banho e um lugar para passar a noite , fomos para o circuito dos motéis chegamos no primeiro , entramos ele abre o vidro fala com a recepcionista quer um quarto com tudo , famosa master , documentos ele explica que nos dois vamos sair e ele vai ficar e dormir . Ok , pagamento feito pernoite , entramos , a garagem a frente , o portão aberto ela tira o vestido , o portão abaixou , ela sai só de lingerie,  ela estava linda o fio dental valorizava sua bunda o sutiã  as marcas dos bicos ouricados ainda , o salto 15 deixava ela um show , mas era uma mulher linda mesmo ,  ela sai Ricardo deixa a mala leva a pasta eu desço,  4 degraus,  ela agora sobe ele está na porta , abre ajuda ela , eu vou atrás,  entramos , era grande , cama enorme , um box ao lado a banheira grande também,  ele vai até o box tira sua roupa , peçam algo vou tomar uma ducha rápida ok , ela ali em pé  ligo o som , a TV no canal certo , kkkkk eu ela ficamos ali eu me chego , vc aceitou de boa a brincadeira né? Kkkkkkkkkk ela _ faz tempo que não fazemos nada do tipo ele gostaria de viver algo assim vai que vale além do que adorei kkkkkkk rimos juntos eu a beijo seu cheiro uma delícia,  a ducha para , Ricardo sai de toalha , a barriguinha de chope normal, era de minha altura , braços largos , coxas grossas havia se depilada peito , coxas acima , ele me pede , Edson me faz um favor pode pegar a minha mala preciso pegar algo .

Fui até a porta e sai , pego a mala com rodas , resolvo fumar um cigarro , estava leve , e pego a bolsinha dela , termino meu cigarro entro , vejo os dois , em pé,  Ricardo a beijava , era o que ele mais desejava desde de a saída do mercado , ele a puxa , forte , faz a coxa subir ele se enfia de cabeça nos seios dela , sua toalha cai , seu pau era grande (20 cm ), ele estava rígido,  ela nota o tamanho pega com uma das mãos,  eu vou e coloco a mala em um canto , abro a bolsinha e pego o lubrificante , eles se beijam , eu vou tirando a roupa , ela me olha faz sinal eu ja sei , deixar eles soltos , fico ali sento em um sofá olho , uma batida , o lugar da porta onde colocam o pedido , vira , cervejas tequila dose pequena , garrafinhas , deixo a deles é pego a minha , eles estavam em um beijo intenso , Ricardo  engolia , sugava sua língua,  ela se deixou , ele a vira , ela de costas , ele abre o fecho do sutiã  ela solta as alças,  segura os bojos , ele vira ela de novo , tira as mãos dela deixa cair , ele agora faz melhor que o rapaz , agarra um dos peitos duas mãos,  aperta , bicos , enorme, ele passa a língua nele todo junta os dois , se enfia de cara , cheira , lambe , desejava muito isso chupar os peitões dela , e suga , suga com força   ele enfia tudo o que pode , ele babá os bicos ficam duros , crescem , ele mama ela , ela se deixa .

Sua mão agora escorrega pela costas dela , direto nos dois laços,  a calcinha se vai , ele nota o tamanho da boceta,  era enorme , inchada , depilada , lisa , a mão desce o dedo medio vai direto em sua boceta , ele procura o lugar  entra devagar , o dedo massageia o grelo quente , um vai e vem ritmado , ela agora geme , ela curva o joelhos ele a puxa , a outra mão agora por trás,  o dedo médios procura seu Cu  , e acha , aguenta,  pego o lubrificante apenas aperto ele escorre , fica mais fácil do dedo de Ricardo entrar , ele faz movimentos ritmo tanto atrás como na frente , eu olho os dois , ela treme , Ricardo a mantém em pé ele agora apenas mantém os dedos e o ritmo ,ela abre as pernas ele a força a dobrar os joelhos, ele sobe e desce , ela adora , ela treme , Ele _ xinga ,, encosta em seu ouvido _ Patriciaaaa vou te arregaçar sua safada , ela apenas molha os lábios e pede pra gozar, ele aumenta o ritmo, ela rebola ele continua , o melado escorre na mão de Ricardo ele sente ela tremer ele à guia até a cama , solta ela .Ele fala um palavrao xinga ele ,  porra eu quero mais seu puto ,ele vai até ela , agora vc vai mamar meu pau safada e mama direitinho puta , ela senta   abre a boca , Ricardo agora em pé,  ela pega o pau dele , massagem , pau , saco , ele estava liso ,  ela massageia , ela puxa o para trás a glande , a cabeça do pau vermelha , poe na boca , devagar , ele , desce a mão,  na cabeça dela , puxa o cabelo para trás,  ela começa um vai e vem devagar , engole , volta , engole , volta , ele segura ela , e força ela a engolir , ela engole , o pau inteiro , grande ele segura ela tenta tirar , ela engasga , ele solta , ela está com a boca cheia de saliva , babando , ele pega e começa de novo , ela fica louca , fica sem ar , um espasmos, ele solta, ela baba, escorre , ele pega ela beija , a saliva respinga no rosto , eu levanto , ela olha, eu paro , Ricardo agora a faz ficar de 4 seus dedos viajam em sua boceta um entra e sai ela de 4 linda , Ele _ Vou deixar você arregaçada ,abre essas pernas puta , abre , ela se ajeita esperando aquele pau entrar , a cabeça era grossa , e o resto também, ela geme , o lençol é arrancado por ela , ela dá um gemido quando entra tudo , Ela _ como é grande , vai fundo , vai até meu útero vai , Ricardo bomba , a boceta vai ficando molhada , larga , quente , ele soca com vontade , dois tapas na bunda ela vira e pede não, ele obedece , ela segura o ritmo , para e rebola com o pau dentro , um sorriso , ele adora e começa de novo , ela me olha ela pede só mais um pouco , deixo , Ricardo segura ela pela cintura , ela de costas e de 4 que visão , ele adora seu pau entra todo , seu saco bate , ele socar com força, eles vai gozar , ela geme , geme alto e se atira na cama , ele tira a camisinha , cheia , joga tudo nos seios dela , passando a mão ela passa o dedo uma porção, ela suga , lamber o dedo , Ela _ porra quente , delícia , olha ele , antes dele levantar, ela puxa engolia porra e pede , Ela _ quero essa rola no meu Cu, todinha , Ricardo beija e levanta.


Ele vai até a mala , abre , pega uma cerveja , uma sacola de um shopping famoso e caro da zona sul, tive tempo de ir pegar ,  ele entrega a ela , ela meio fora de prumo ainda senta e abre , um escarpim vermelho , um fio dental um corselte vermelho com detalhes em preto , ela olha , se levanta devagar vai ao boxe , uma ducha só para recuperar o fôlego. Eu e Ricardo bebemos , ele não acredita que ela se deixou a tudo aquilo , como é gostosa , estamos bebendo a ducha para , o vapor cobre o vídro somente a silhueta, ela está pondo o fio dental , o corselete , senta coloca o escarpim, a porta abre ela sai , ela fica na porta , um sorriso , o som tocando , ela vem no ritmo , os seios balançam , devagar , estamos na cama ,sentados olhando , vem devagar , o balanço devagar , ela chega perto de nós. Ricardo passa a mao, a seda faz o pele ficar macia , ela rebola para gente , sua bunda arrebitada pelo calçado, os seios querem saltar , sua boceta inchada marca o fio dental , socado dividindo sua bunda , ele a puxa , enfia a cara no meio de sua bunda , sua língua a molha , ela se arrebita, ele puxa pela cintura , ele levanta , ela vira ,suas bocas se encontram o beijo e pegado, ele suga sua língua, ela passa seus braços em.torno dele , ele a levanta pelas coxas , ele vira , a coloca na parede, ele não resiste, a roupa a deixa um tesão , Ele _ vc está linda vou te arregaçar, quero meter muito sua cadela safada e na frente de seu macho . Ela ri , ele vai novamente em seus seios agora puxando o corselete para baixo , eu olho os dois , meu pau está duro de novo , ele lamber, os bicos, ela geme , as mãos dele a percorrem , ela está a altura dele , suas mãos procuram sua boceta e seu Cu, ele baba , escorre , ela se deixa , ele a leva até a cama , estou sentado ela vem , ela me puxa , eu agora vou direto em seu Cu , meus dedos melado de saliva, entram devagar , Ricardo enfia logo dois em sua boceta , um entra e sai ritmado , agora tiro os dedos por meu pau , eu fico de lado a cabeça do meu pau entra me ajeito penetrou devagar ele com os dedos ainda , começo a bombar devagar entra só a metade , a posição, continuo, ela geme , se joga , eu fico deitado ela se levanta , vou mais para baixo da cama, pernas ela vira de costas , senta no meu.pau , devagar Ricardo espera ela senta até entrar tudo , levanta as pernas, se equibra , Ricardo agora vem seu pau duro ele coloca , devagar , os seios dela pulam ele bomba , eu também ela geme , e começamos, a DP ela vai aguentando meu.pau que entra e sai , ele a mesma coisa na Boceta, ela pede para parar , ele tira , ela se levanta vira meu pau agora em sua boceta , meu pau entra ela está larga , quente frouxa, o pau dele era grande , ela fica em cima de mim de 4 , seu rabo virado para ele , Ricardo passa lubrificante , e vai devagar , eu parado ele e entra , eu estou em baixo , vejo o rosto dela , prazer, dor , prazer , Ela _ aí, aí apoiou vc vai arromba meu Cu , ela estica um braço , sua mão para Ricardo, vai devagar , devagar , seu pau vai entrando entrando , foi tudo , ela solta os braços, cai em mim respira, se apoia nos braços, seu cabelo cobre o rosto eu tiro , Ela pede _ vai devagar Ricardo e vc quieto , só ele agora , Ricardo vai devagar seu pau entra e sai , ele bomba , bomba devagar seu pau era grosso e grande ,ela sente dentro dela , ela agora começa a curtir , me olha e pede para eu começar também, eu me esforço, começo a bombar , sua boceta frouxa, meu pau entra e sai , no ritmo que dele , ela geme , o gemido aumenta conforme aumenta o ritmo , Ricardo _ Patrícia posso tira a camisinha , por favor , me deixa encher seu rabo de porra , ela vira , ele tira seu pau , o Cu dela estava largo , ele tira , a cabeça do pau aumenta , ele coloca devagar entra de novo e começa de novo , ela geme ele geme , Ricardo vai gozar seu pau cospe porra , ele bomba dentro dela ela goza de prazer eu , tambem é começo a tremer e a vontade de gozar , ela grita , goza caraio faz eu gozar seu filhos da puta , me arromba, gozamos , bombamos mais um pouco, o cheiro de porra quente começa a subir , ela para , Ricardo tira seu pau , seus joelhos vermelhos , ele tira dela , sai de cima de mim , ela somente deita , de sua boceta escorre , e de seu Cu escorre , ela está tendo espasmos , o melado , o cheiro , ela fecha os olhos , o momento é dela . Eu e Ricardo vamos até a hidro , ele me olha , tomamos uma cerveja , dividimos ele pede mais 3 , água, suco , salgados, olho ela na cama , os olhos fechados , a maquiagem toda borrada , ela está com o rosto que demonstra tranquilidade , ele fala de sua esposa , o quanto desejava ela ter esse pique, olho ele , bato em seu ombro , o barulho da porta , a cerveja chegou , vou até a lá, ela abre os olhos pego o suco sento do seu lado abro e entrego , seus olhos verdes dilatados , ela bebé, Ela _ estou arrombada , minhas pernas tremem , eu aponto a hidro ela levanta , se apoia em mim vamos indo ela tira a sandália, entra devagar curti o momento Ricardo olha ela , ficamos ali , , a hora passou , nos ajeitamos Ricardo fica de toalha , ela coloca a roupa , eu também, ele junta as peças que deu a ela , coloca na caixa , e entrega , ela agradece eu cumprimento , vamos saindo , ele da um beijo nela , Ele _ espero poder estar com vcs de novo , Ela _ só vc ligar agora , mais opção de casal para encontro.

Ele _ Gosta de joias , e podemos ir no mercado de novo ? Kkkkk rimos juntos , vamos embora , ela senta de lado , ela desaba ,chegamos em casa , ela vai direto pro quarto , o presente fica na cabeceira tira a roupa , nua , de maquiagem eu vou me deitar , o cheiro de porra ainda estava lá. Deixo ela dormir , vamos a luta outro dia começa, foi ótima noite quando cheguei , que mulher kkkk kkkk final .
Peço comentários por favor , críticas e elogios são bem vindos.


Comentários

Seja o primeiro a comentar nesse conto