Tudo tem hora e lugar

Publicado por: alerandrovegas em 15/09/2020
Categoria: Corno
Leituras: 187 / Votos: 1 / Comentários: 1
Luiza e Ricardo antes de terem a casa deles moravam de aluguel , e passaram por várias essa é uma história em uma das casas . São Paulo estava fria , sol esquenta pouco, bem eu e Patrycia e nosso filho , fomos para a casa de nossos amigos , não esperávamos que o dia ficasse tão quente , na pequena mala roupas para o pequeno , fomos para lá, chegando Luiza nos recebe , Ricardo já no fundo passava a tela limpando a piscina, as crianças e alguns amigos adolescentes da filha mais velha . A churrasqueira , frigo bar , o sol esquenta, eu básico ela calça jeans um a blusa, não esperávamos que esquenta se tanto . Ok. Luiza arruma uma bermuda eu coloquei , folgada , Ricardo era maior que eu , Patycia que foi ao quarto com ela tentou arrumar algo . Estamos eu e Ricardo , ele terminava a piscina eu já ajeitava a grelha o carvão estava no jeito , carnes . Eu estava de costas Ricardo dando risada , _ esse biquíni é da mãe da Luiza kklklkl. Eu olho Paty estava um show , usava um biquíni, montaram para uso e funcionou , uma calcinha tipo asa delta , bem cavada Preta, em Paty ficou muito bem , a parte de cima , era um como um Sutiã, os bojos cobriam os seios fartos , um único cordão dava a volta em seu pescoço, fino, cobria os seios , ficava colado , os seios grandes ficaram duros moldados . Ricardo ria e depois me chega e fala , que tinha ficado legal nela . Bem Paty, Luiza e a filha mais velha Bianca foram para a cozinha, o mesmo papo , mais contido por causa dos outros , amigos de Bia , jovens , espalhados pela casa , elas estavam agora na cozinha Paty recebe um telefonema , ela atende conversa , Lu ouve ,Paty encerra . Lu pergunta quem era , o que queria , Paty vai respondendo . Lu ficou curiosa, Bia entra , Paty disfarça, era um dos distribuidores de perfumes , tinha contato com ele direto , Bia sai , ele já era conhecido , mas ainda não rolou nada , estamos só no papo , Paty fala que só rolou ums beijos em um dia que fomos pegar algums perfumes , mas nada de mais . Lu pergunta o que ele queria , ela diz que ele tava querendo sair , explique estava com amigos . Lu fala para ela chama para vir , se aceitar esse convite vai em qualquer lugar . Paty pensa e liga junto com Lu no viva voz eles conversam , Lu convida ele , ele aceita 40 minutos para chegar
Paty desliga , 30 minutos depois , Roberto chega , ele entra com os meninos , Paty , Lu e Bia, recebem ele , logo 3 de biquíni, Bia estava na época com 18 anos, e estava com um corpo de 20 . Roberto era alto 1,80 , estava um pouco fora de forma , mas demonstra ser forte, bermuda , camiseta , um anel grande mão direita, uma corrente grossa por cima da camiseta, cabelos pretos curto , olhos castanhos , pardo , ombros largos , pernas grossas , Lu é atirada , já tinha bebido umas , Paty cumprimenta também , ele tira uma casquinha nas duas uma encaixada na hora de beijar , Bia era alta , também mas perto dele seu rosto chegava perto do dele , ele cumprimenta e olha ela , Bia ainda estava um filé mas 18 anos é ainda menina ,. Ele agora vai entrando Lu agarra no braço dele , as crianças na piscina estava quente , eu e Ricardo ali , ele chega cumprimenta Ricardo conversa um pouco ele agora vem e me cumprimenta . Já puxo ele é vamos pegar uma cerveja , ele vê os outros ali , algums vem cumprimentam , era muitos adolescentes. Bem ficamos ali . Tirando Lu , Paty e a Bia as outras meninas não eram lá essas coisa amigos e amigas do cursinho de Bia. Ficamos algums momentos os 5 ali conversando Roberto pergunta sobre como era as casa de swing , como era as trocas , como era para singles, fomos conversando e disfarçando quando necessário, ele olhava Paty e Lu , também as duas na piscina , olhava quando as duas saiam da piscina , Lu sai era um rabo grande , Paty também, Roberto olhava , a casa cheia é um problema , mas a Lu era doida mesmo , ela vai chama Roberto para ver com ela , eu não sei o que , lá vai os dois Ricardo da risada , _ com a casa cheia eu não sei o que ela vai aprontar kkkkkkk , ela leva Roberto até a parte de cima , onde tinha um dos quarto onde ela guardava as tranqueiras deles , era tudo limpo , organizado , os dois entram Lu fecha a porta e não da tempo para Roberto respirar ela agarra , ele se deixa ela simplesmente se abaixa e vai mamar ele , Roberto curte encostado na porta , o barulho do pessoal conversando os jovens já beberam e estavam só nas risadas , ele mama Roberto até começar a babar , ela levanta Roberto puxa as cortininhas do biquíni e suga os seios um de cada vez mas rápido ele engole pois os peitos dela são pequenos , ele vira ela , seu pau melado ainda ele vira ela e mira em sua boceta Lu se apoia arrebitando seu rabo ele enfia em sua boceta, ela segura o gemido , Roberto curte , e começa a bombar, ela quer gemer mas segura o pau de Roberto não era grande nas era grosso para o tamanho dele era médio, ele estoca com força , Lu se deixa levar até a vontade gozar, os dois ele se solta um gemido baixo , Roberto Goza, ela curte ele tirando devagar , ela aproveita e lambe ele , Roberto se ajeita ela se ajeita, os dois descem, foi muito rápido, Roberto desce , estava vermelho , Lu vai ao banheiro direto , ele passa pelos amigos da família, e pega uma cerveja no freezer , vai até a piscina eu Ricardo olhamos , Ricardo da risada , eu olho e também dou risada , Paty nos olha e vê ele na porta , Paty_ o que vcs tão dando risada em ? Ricardo _ Sua amiga doida pegou o teu lanchinho kkkkkkk ela entende e começa também mas não um sorrisão , Roberto chega , tira a camiseta e vai até a piscina e entra , eu olho ela que disfarça, vai até a beirada da piscina senta com as pernas na água, está ali , Roberto estava na outra ponta , ela me pede uma cerveja pego e vou , Roberto também encosta , ele se apoia na beira , ela sentada eu em pé, ficamos algums minutos falamos do momento Lu aparece , vai até Ricardo e tasca um beijo daqueles, Ricardo ri e faz cara de que a noite vai render . Eu e Paty rimos Roberto olha e cai ficha e ri também, naquele momento só Roberto dentro da água eu fora e Paty com as pernas ela se vira , e entra apoiada na beirada , eu me sento com as pernas na água agora, ela vem e entra no meio das pernas se apoia nas coxas, Roberto estava do meu lado , ela ficou de costas Ricardo e Lu na churrasqueira conversam , rindo Roberto se encosta , minhas perna separava ele de Paty, ela está molhada , até as costas , ele joga com a mao água nela , ela se arrepia , estava fria a água ela se equilibra nas pontas dos pés, todos dentro da casa , mas as crianças é que a gente fica sem saber quando entram , Roberto mergulha , ele passa por minha perna , sua mão encosta , Paty estava bem no meio , ele passa a mão nela , elas sobem até os seios grandes que no biquíni ficam pequenos, ele aperta , ela sente me olha e olha para a porta , Roberto passa suas mãos por ela toda , até a chegar a sua boceta , ele passa a mão por cima da calcinha do biquíni, seus dedos passeiam por sua boceta ela me olha , faz cara de quem está querendo mas não pode , ela abaixa seu braço e puxa a mão dele , que sobe ela , olha ele , não podemos, aqui não dá. Roberto ri estava escorrendo água ainda , ele fica atrás dela eu sentado , os seios dela na água ficam lindos , Roberto a encocha ele fica em pé piscina ela na pontas dos pés ele a agarra pela cintura, seu pau entra certo entre as nadegas ela apavorada e curtindo ao mesmo tempo , sua mão pega meu pau esfrega por cima da bermuda , eu olho ela ri , empurra Roberto é pede para sair , eu ajudo Roberto da risada e não se conforma , ela sai , fico um pouco , e Roberto também escorrendo água, o papo fica ali agora , rimos, todos de boa , Lu avisa que o quarto estava com as crianças, procuram um brinquedo , bem ficamos o dia foi acabando e hora de ir , Roberto se ajeita , a gente também, ia esfriando , Paty foi se arrumar com nosso filho Roberto já estava pronto se despedia dos outros , Paty aparece , ele me cumprimenta , vai da um beijo _ Paty quando vamos marcar , vc tá me enrolando. Ela ri e fala para depois, para ele ligar na semana que íamos ver .
A semana passa , Roberto liga no meio da semana estava com muito trabalho e tinha uma folga agora , aproveitou para ligar , os dois conversam . Ela tava injuriada por ele ter pego a Lu, ela que apresentou eles e ele foi e pegou ela , Roberto deu risada , ele fala que não foi tão bom , e que Lu tinha seios pequenos , não fez o oral tão bem , mas ele só aproveitou a situação pois foi diferente , e com ela ia ser diferente. Ela de boa , só que ele ia ter de combinar com o Edson o lugar . Ele de boa . Atendo meu fone , era Roberto explico que na semana ia ser difícil se poderia ser sábado ou domingo , ele aceita para domingo ( Roberto era noivo ia inventar uma viajem rápida para o interior e domingo de boa ) marcamos . Domingo fim de tarde ela se ajeitava, ontem ela foi ao salão, um corte ia agora até os ombros , uma nova pintura , o dourado saiu agora eram dois tons mesclado claros e escuros as famosas luzes , cílios, compridos , a maquiagem bem feita sombras cobriam as palpepebras escura , um tom que deixava os olhos verdes em destaque vivos , o Baton com uma cor viva , um sutiã valorizava os seios Gg (56), eram dois melões lindos , rosados os dois cobertos pelos bojos em renda , apareciam apenas os bicos sob o tecido fino , uma calcinha caprichada preta com linhas em vermelho combinavam o conjunto, ela separou uma calça jeans clara dois cortes nas coxas médios nada exagerado , muito elastano , ficava colada ao corpo , a blusa uma frente única Preta, com um decote caprichado mostrava apenas o necessário os ferros do sutiã com um pequeno laço aparecia em destaque , as costas nuas , as laterais quando colocada , eram cobertos os seios , o salto um escarpim preto os dedinhos apareciam , ela ficou maior que eu , tenho 1,70 alt . Ela 1,68 . Olhei aquela mulher estava linda , uma correntinha ela me pede para colocar , suas costas cabelos um cheiro forte me deixou louco o perfume e creme corporal se misturam , ela abaixa eu fecho , era um sapatinho no pingente . Estava linda , uma jaqueta pois estava um pouco frio . Vamos lá, era um barzinho próximo, tocava sertanejo , chegamos , o guardador vê ela saindo , olha de cima abaixo , não sou um cara bonito e estar com uma mulher assim chama a atenção , eu adoro , vamos devagar , o garçom nos recebe , pedimos a mesa perto da janela , aberta , vamos , ela devagar segura minha mão, o salto ela vai , sempre adorou , sua bunda linda , os poucos olhos ainda no local nos vem , sentamos pedimos uma cerveja , o garcom vai buscar , conversamos .
Eu fico de boca aberta , ela ri , eu achei demais , Ela _ eu queria caprichar Mo, mostrar para ele que não sabe o que tá perdendo. Eu olho _ eu não sei ele , mas eu ia adorar pegar vc , tá um mulherão teve um, dois que secaram ali no canto . Ela ri , o celular toca ela atende era Roberto pede uma referência, eu falo do letreiro e da avenida , ele se localiza 5 minutos. Bebemos, o papo , ela ficou injuriada com a Lu pelo fato de ter puxado ele , eu falo que foi a oportunidade dela , Roberto chega a Suv para , era preta , ele desce , conseguimos ver ele faz um sinal , entra , o garçom deixa , cumprimento um aperto de mão, ele vê ela agora , pára , olha, senta _ caramba como está linda Paty, Edson ela é um show mesmo. Ela _ estou bem diferente de todos os outros encontros e bem diferente de lá da casa da Lu né? Ele ri , pede desculpas se ofendeu ela , rimos os 3 , e conversamos mais uma cerveja, a música, o papo , estava legal , pedimos 3 doses de tequila , Roberto olha, ela beber , eu tomo em um gole , eles em duas vezes , bem o papo esquenta , sobre sexo e como ela estava linda , as curvas e a maquiagem , o novo corte com as cores deixaram ela com cara de seria. Rimos ,ela vai ao banheiro , Roberto vê ela indo sua bunda redonda na calça, tirou a jaqueta as costas lisas o cabelo ele ficou olhando . Edson como viro o jogo para irmos para outro lugar ? Ela tá injuriada por que peguei a amiga de vcs, mas foi tão rápido, não deu nem pra curtir ela . E com a Paty eu tô na maior fisura .   Olho ele e apenas digo _ cara cativa ela , eu não dou dicas , mas já que estamos aqui melhor vc dar atenção e focar , fala a real sobre como foi com a Lu e está muito afim dela hoje . Agora é com vc . De resto não falo mais nada ok. Ele me olha , pensa , ela vem , senta estava bem , ela estava fazendo jogo de estar injuriada . Ele agora senta mais próximo a ela , o lugar estava cheio agora , o sertanejo tocando , ela não dança muito bem , Roberto a convida , ela vai , os dois estão bem juntos Roberto pelo visto também não manja muito , mas ele a puxa , os dois na mesma altura agora, ele segura ela pela cintura e puxa mais, encaixa ela ,se aproxima de seu ouvido , ficam assim algums minutos , ela atenta , Roberto , risos , novamente atenta , ela me olha , um sorriso safado , Roberto com ar de Vitória, logo retornam , eu vou ao banheiro , deixo os dois , ele pediu desculpas , falou a real , os dois ali , ele pediu se poderiamos sair e ir para outro lugar , ela aceitou e agora esperava eu voltar para saber se eu estaria de acordo também . Sua mão passeava nas pernas dela , coxas por baixo da mesa , ela tomava sua cerveja e olhava ele , o clima estava esquentando , ele puxa ela pelo pescoço, um beijo mais pegado , o gosto da cerveja ,as línguas quentes . Estou voltando , os dois estavam ainda se beijando , param . Ela vai agora ao banheiro ia retocar a maquiagem íamos sair . Roberto explica que conseguiu reverter a situação , estava contente e me pergunta se poderíamos sair dali .
Eu _ Roberto se a Paty aceitou , sim , só peço que vc aceite , ela quem dita os limites ok . Ele de boa ficou mais risonho . Pediu a saideira , esperamos ele pergunta mais coisas , sobre Patrycia , o que gosta a hora, o que pode , eu apenas aviso, não de tapas kkkkk . Ela agora vem , estava meio alta , se equilibra no balcão, o garçom que nos atende ajuda ela , ela agarrou no braço do rapaz e não soltou , ria da situação o rapaz leva ela , olhos a vêem .
Ela senta com a gente bebe o último gole .
Roberto já estava pagando ela se apoia em mim , Ela _ Mo como estou ? Olho dou um beijo , rimos _ vc está linda, , hoje vc está tão diferente , parece que está super de boa . Ela _ eu só queria me soltar um pouco mais . Eu olho ela , beijo de novo , Eu _ hoje vc vai ser o prato principal e a sobremesa , eu vou te pegar gostoso .
Ela me olha faz cara de safada e me beija de novo .
Roberto chega bebe seu gole eu também, vamos indo, ela vai a frente junto com ele , vou acompanhando os dois. Os carros, Roberto abre a porta ela me espera , pego a mão dela , levo até o de Roberto ajudo a entrar , aviso ele para me seguir ia colocar o carro em um mercado 24 horas , o estacionamento estava aquele horário vazio , vou ligo o nosso passo Roberto me acompanha , olho o retrovisor , apenas silhuetas se mexem. Ela beija Roberto o caminho todo, ele passou a mao nela toda , foram assim até lá paramos , deixo ali , vamos os 3 , ela ajeitava a blusa , e o sutiã , era perto o motel , Roberto queria ir logo , entramos havia um carro a frente duas suítes iam ser liberadas , , o carro da frente vai , Roberto para e aguarda , 5 minutos , a moça vai , estamos ali , Roberto a agarra , beija ela com vontade a puxa , suas mãos percorrem ela , seios bunda , coxas , ela deixa ele , ele a deseja , beija ele suga lingua , eu passo minhas mãos nela . Batidas era para irmos . Roberto entra , descemos , ele abre a porta ela me espera ajudo a subir os degraus , sua bunda na minha frente agarrei pela cintura Roberto já foi entrando e ligando tudo . Ele fica esperando ela entra eu solto, ela vai ele a agarra e beija , para , pede algums minuto vai ao banheiro , eu vou ajeitando o som , luzes , ela pede a cor vermelha , o som toca baladas , ela se agita , eu vou perto puxo ela que se esfrega em mim ficou alta , seus seios estavam cheirosos , ela quente , o gosto de cerveja ainda estava ali , Roberto sai , estava de toalha , ela vai passa por ele eu fico , vou tirando a roupa , Roberto está ansioso. Ele pede algo para beber , eu peço água suco e cerveja para gente uma dose de uísque e gelo a parte , conversamos ele pergunta respondo , posições, sexo oral , ela sai , estava ainda vestida , Baton agora vermelho forte, retocou a make , o perfume estava forte , ela vem , vou dou um beijo, ela vai , Roberto a beija , sua mão puxa pelo pescoço, um beijo forte , pegado engole ela , sua boca quer engolir sua língua, quente , as mãos dele a percorrem toda , ela vira , Roberto a segura, vai no balanço da música, ela se esfrega nele , Roberto vai puxando a blusa , deixa só de sutiã, suas mãos descem vai ao botão da calça, solta abre o zíper seus dedos entram , a calcinha , não impede de entrar e achar a boceta dela   molhada , ela se contorce , ele a aperta contar seu corpo , ela rebola , eu saio e vejo Roberto vai abaixando a calça eu vou dar uma ajuda me abaixo de frente , ela se equilibra , puxo um escarpim puxo a calça, o pezinho sai ela pede para colocar o escarpim de novo , entendo e faco na outra perna, só de lingerie, ela rebola Roberto a aperta segura em sua cintura ela se solta braços sobem levantam o cabelo o pescoço livre , ele a beija , chupa , costas, ombros, ela continua não quer virar ainda ele entende e continua , sua mão vai a frente entra na calcinha agora fica fácil sente a boceta inchada , quente seus dedos se atrapalham , o grelo os lábios grandes a boceta lisa , a outra mão percorre os seios dentro do sutiã, ele fica louco com o movimento sua toalha cai , seu pau fica bem no Meio das nadegas dela , ela se mexe mais, segurando os cabelo rebola, sobe e desce se equilibra Roberto continua , ela sente a rola dele, era grossa grande, mas ainda coberta pela glande , ele a puxa pela cintura gosta do movimento eu olho , ela de frente me vê sua cara de safada , eu beijo , ela pede para ficar com ele algum tempo , eu me afasto e deixo , ela continua , e vai virando até ficar de frente, Roberto a beija , de novo com mais vontade suas mãos abrem o fecho do sutiã , os seios dela se soltam , grandes redondos, quentes , Roberto beija cada um , os dois à mesma altura ele abaixa a cabeça, suas mãos apertam , cada um , ela pede para não apertar , devagar, carinho , ele obedece, ele beija, cheira , sua boca abre engole os bicos , suga, sua língua grande passeia , ela sente , pede mais , ele vai em cada um devagar , engolindo até onde pode , ele queria engolir ele todo , mas não consegue , ele suga , suga cada um sua língua passeia pelos bicos , que vão ficando duros , melados , a saliva escorre da boca dele , ela sente os bicos ficando duros, bicudos , Roberto suga um bico de cada vez suga com tanta vontade que os bicos chegam a endurecer, a saliva escorria, Roberto agarra os dois e beija ela , beija mais ela , Roberto a suga , as mãos de Roberto agora trabalham pelo resto do corpo dela , uma mão procura sua boceta , a calcinha preta atrapalha , a outra atrás procura seu Cu , ela me olha , pede para que eu ajude a tirar, eu vou encaixo ela , sua bunda estava arrebitada , puxo a calcinha agora , me agacho , puxando devagar , vou beijando ela até as coxas , ajudo a levantar um pé e depois o outro, subo novamente beijando coxas , bunda costas, minha língua passa pelos seios, ela , me olha , vou e espero , Roberto a agarra , os dedos agora entram em sua boceta , o grelo é procurado, um entra de vez sua boceta quente , o dedo dele passeia , o grelo ali , ele faz o vai e vem devagar sem tirar de dentro , a outra mão agora passeia por seu Cu, um dedo vai devagar , ele sabe que não deve ser afoito , ele coloca devagar , ela vai curtindo o momento Roberto olha ela , ele está com tesão a flor da pele por ela , ela desce um dos braços sua mão vai direto no pau dele , ela sente com era grosso , não era grande, ela massageia , ele deixa , enquanto seus dedos entram e saem de sua boceta e de seu Cu, ela delira , seus joelhos dobram , Roberto a mantém em pé, ele tenta tudo penetrar ela com os dedos, sugar seus seios, ele queria ela , queria deixa lá louca de tesão, ela punheta o pau dele , a babá da saliva dele escorre , seios ,barriga , chegando em sua boceta, ele saliva , sugando seus seios enormes , ela punheta , um sobe e desce , rebolando , sem sair do lugar , Roberto não sabe mais como deixa lá mais louca , ela apenas agora segura o cabelo com uma das mãos sua cara de safada pelo tesão a domina , ele fica com mais vontade , Roberto agora à puxa ,leva ela em direção a cama , ela senta , Roberto se abaixa e beija ela , segura em seus cabelos suga ela sua língua, ele fica em pé, ela sabe o que ele deseja , ela pega o pau de Roberto, uma mão de cada vez , massageia, seu pau suas bolas , ele em pé olha ela , ela agora começa , beijos lambidas com a ponta da língua,   beijos , com a mao ela puxa a glande que cobria o pau dele , a cabeça grande vermelha , seu pau fica mais grosso , ela beija e engole agora , Roberto apenas se deixa levar, a boca quente de Patrycia agora engole aquele pau , ela vai devagar sua boca macia quente , sua língua passa, Roberto sente , seu corpo treme , ela engole o movimento de vai e vem devagar , ele quer curtir , seu pau grosso , macio , a cabeça pulsava , ela engole , cada vez que engolia mais fundo , sua boca engolia Roberto treme ,ela olha para ele os olhos verdes, a cara de safada , quando tira ela cuspia, ela vai mais fundo , suas mãos massageavam suas bolas , ele treme , suas joelhos dobram , ele pede mais, ela faz , mais engole tudo e segura, um espasmo, , quando para a saliva escorre, ela faz caras e bocas os lábios melados , a baba escorre, Roberto passa o excesso pelo rosto dela , a maquiagem fica borrada , deixa seu rosto manchado ele queria vê ela como uma puta , Ela _ tá gostoso ? Tá melhor que a Lu ? Quer mais seu puto,eu faço melhor ? Roberto geme , ela engole segura , espasmos, mais saliva , ele vai sentido a vontade de gozar , ele dobra seus joelhos, ele quer gozar , ela pede _ Me da porra ,me da leitinho , me dá seu safado , ...... Roberto não aguenta , ele se deixa , o gozo vem forte, ela segura e sente encher sua boca, escorre , ela solta escorre , ela apenas deixa cair , seus seios recebem aquele monte de porra , e vai escorrendo nela , esfrega em seu corpo , engole uma parte ela faz um sorriso , Roberto treme , se deita do lado dela , olha ela, se esfregando , o cheiro de porra fraco ainda , ela me vê sentado me chama, eu levanto , sem toalha meu pau duro, ela pega e começa de novo Roberto fica apoiado pelos braços , sentado do lado dela , meu pau pulsa, Ela me chupa _ quero mais porra Mo, da mais da mais , ela vai rápido comigo, me faz delirar , quero gozar quero muito , ela olha para mim é para Roberto , sua cara de safada , ela me massageia com uma mao a outra vai a coxa de Roberto procurando pau dele , flácido ela o vê , vai e vem comigo ritmado com o pau de Roberto, ela me suga , segura espasmos , Roberto vai com Sua mão a boceta dela ela abre as pernas o melado ainda escorrendo, ele vai com seus dedos acha o grelo duro ele massageia, saliva sua mão e vai de novo ela dita como ele deve ir , ele obedece , ela me mama, Roberto vai fazendo ela geme , Roberto acerta o jeito ela se deixa e me engole , gemidos , _ Me faz gozar , me faz gozar seu puto , Roberto vai , dedos entram e saem da boceta ela agora quer eu goze eu me solto eu não consigo segurar e deixo, me tremo tremo todo , ela também goza , com meu pau jorrando em sua boca , ela se delícia, mais leite , , escorre , ela curti , ela se lambuza. Seios melados barriga boceta , os dedos de Roberto dentro de sua boceta , ele tira devagar, ela fica laceada , se deita eu ainda tremia , pingando o restinho de porra deixo pingar em sua barriga ele se esfrega levando a sua boceta , Roberto se levanta , vai e bebe uma uma dose do uísque, todos 3 ali eu me sento , ela ainda jogada na cama , as pernas dobradas , o salto a deixa com as coxas grossas, ela deitada , o cheiro de porra no ar ,fica mais forte ,era um imã, Roberto deixa o copo , ela subiu na cama e deitou de lado , usava apenas a sandália, seus pés lindos , ela estava de lado , chamava atenção, olhos fechados seios um sobre o outro , ela respirava, Roberto apenas pega em sua perna , vira ela ,ele vai abrindo as coxas dela , ele simplesmente se ajoelha sua boca vai direto a boceta dela , sua língua entra , seus lábios com os lábios da boceta dela , quente aínda , ele suga ela , sua língua procura o grelo ele sente ele lamber, rápidas lambidas , ele saliva ela , ele suga com vontade , ele deseja aquela boceta , ele só quer sugar lamber, mamar aquela boceta que vai ficando melada , Patrycia apenas geme , curte , ela agora ia ser comida , ela levanta suas pernas as coxas grossas , a sandália alta deixa ela linda , Roberto entre as coxas só queria sua boceta , cada lambida em seu grelo , ela aperta ele entre coxas , ele abre , sua cabeça mexe no movimento, ele suga ela , suga com força , ele olha ela os seios estavam redondos , solto ela apertava cada bico sozinha ele a vê , ela levanta sua cabeça percebe os olhos de Roberto, um sorriso _ chupa , chupa minha boceta seu puto , ele suga ela com força, seus dedos entram agora , melados pela saliva que já escorria, dois dedos entram e saem sua língua passeia em seu grelo, o terceiro dedo agora esta em seu Cu, melado também, ele se controla entra devagar , ela geme , pede pra enfiar ele enfia todos , boceta , Cu, ela se solta, um grito de prazer   ele para se levanta ajoelha na cama vira ela de 4 ele vai enfiar se pau nela sua boceta arreganhada ele enfia seu pau entra liso ela pede pra enfiar tudo entra liso só um gemido ela retribui se abrindo mais ainda suas pernas para facilitar o saco de Roberto bate cada estocada , ela apenas se deixa , ele entra e sai seu pau escorrega fora , ela reclama ele enfia tudo a cabeça grossa o pau inchado ele vai rápido desejava isso , ele puxa ela pelo cabelo , ele apoia uma das mãos em suas costas a outra arreganha uma das nadegas , ele tenta chegar a seu ouvido , Roberto _ Sua vadia , safada , vou comer vc agora , é vou te arregaçar melhor que sua amiga , vai , , vai Paty vai ela entra no ritmo Roberto apenas pára,   ela faz todo movimento sua boceta melada engole o pau dele entra e sai , ele solta o cabelo suas mãos agora arreganham sua bunda , ela geme , estava gostoso ele ia arrombar ela e Roberto vai apenas segurando as nadegas um dos dedos vão entrando em seu Cu arreganhado , ela sente entrando o dedo entra todo ela rebola , _ Me fode , ela respira , não gozou elê fode, vai um gemido e grito de prazer juntos ela vai gozar Roberto continua , ela goza com as estocadas o pau de Roberto entra mais ainda , ela para , com o pau todo dentro Roberto solta suas nadegas,   seu pau pulsa ainda , ele não goza , tira devagar ela curte o pau saindo o melado escorre , Roberto vê ela deitar , ela respira fundo , deita de lado seus dedos percorrem sua boceta , ela sente o quente o melado , ela queria porra dentro , olha Roberto e reclama , queria porra , vc não me deu , eu quero , ela me chama eu vou punhetava meu pau, eu ia pegar ela de 4 , ela me deita , eu subo mais um pouco ela sobe em mim , meu pau duro ela sobe , senta em meu pau , olho ela seus peitos soltos o cabelo , a maquiagem borrada , ela senta sua boceta engole , ela sente tudo , meu pau é maior ela geme , eu apenas curto sua boceta me engolir , ela cavalga um pouco , gostosa um milf , seus seios pulam , ela se deita sobre mim, seu rabo arrebita , ela chama Roberto _ Come meu rabo , come gostoso , era uma Dp, ela espera , Roberto vem , se ajeita junta minhas pernas as pernas dele por cima abertas ,seu pau pulsando , ele saliva , ele junta em sua mão e passa no rabo dela , seu Cu estava pulsando ele vai devagar , a cabeça de seu pau entra , eu seguro ela pelas coxas , ela está sobre mim , ela geme , estou parado com meu pau dentro , Roberto vai devagar , a cabeça entra ela xinga , ele se ajeita , seu pau vai devagar grosso mas não era grande , ela relaxa sinto seu corpo , suas coxas grossas , os olhos fechados , ele vai até onde pode, paramos os 3 , os dois paus todos enfiados nela , boceta cheia , o Cu cheio . Ela apenas relaxa , e pede Roberto vai devagar , vai e vem vai ........ vem ......entra .......... sai . Roberto devagar , ele estava como um cachorro engatado nela , meu pau entrava e saia no mesmo ritmo devagar , a boceta quente , meu pau todo dentro ela se apoiou nos braços seus seios balançam, eu pego os dois macios , melados, cheirando porra , e perfume, eu tento chupar , ela não abre os olhos curtia agora o entra e sai , sinto agora Roberto aumenta o ritmo , ela geme como uma cadela, respira rápido, pede mais rápido, eu entro no ritmo Roberto vai , ela pede , ele aumenta , o barulho das estocadas em seu rabo Roberto vai fundo agora seu pau entra todo , ele faz a menção de chorar , pede mais continuamos , ela se solta cai sobre meu peito Roberto enfia mais ainda , sinto suas coxas tremer , ela quer gozar , essa era a Dp que ela teve tanto prazer assim , ela ia gozar , Roberto sente e vai junto , eu seguro , ela grita , _ vcs vão me arrombar porra , me enche de porra seu putos me enche vai ...... vai ......... vai porra............, Roberto Goza ela sente, ela vai gozar de novo eu sinto , quente, molhado , sua boceta quente ,eu seguro , ela não entende, abre os olhos suas pupilas dilatadas , verdes brilhantes , Roberto segura dentro seu pau que cospe porra , ela sente seu Cu sendo preenchido , eu seguro , ela quer mais , eu a olho, Eu vou socar no seu rabo deixa ele tirar o dele que vou te foder safada, seu rabo é meu eu que vó te comer . Ela olha , Roberto tira devagar seu pau sai pulsando , flácido agora , ele vai de joelhos ate ela , quer lamber, eu saio de baixo não deixo ela descansar , vou de pau duro , ela mamava Roberto quando meu pau entra , o meu era maior , não tão grosso eu coloco , ele entra o melado escorre de porra quente ,meu pau entra ela geme ,terminava de lamber Roberto ela geme ,_ mozão vc vai me arregaçar, vou ficar toda arrombada , eu não falo nada apenas bombo agora em seu Cu, fazendo ruído de ar saindo e porra , eu vou rápido, meu pau entra e sai entra e sai, ela pede para aumentar ,eu faço, abro sua bunda , quero enfiar até as bolas nela e enfio, enfio gostoso , meu saco bate ,ela geme ,geme alto ,me fode, me fode Mo ,fode sua loira com essa rola , vai eu vou gozar , meu pau desliza gostoso eu sinto meu pau pulsar , a vontade de gozar nela de novo , eu vou rápido quero gozar nela também gozamos , gozamos juntos, ela geme treme , eu seguro até parar de cuspir tudo , ela pede para ir tirando devagar, ela curte meu pau saindo , eu de joelhos ela., vira e vem até meu pau senta e engole ,ainda pingava , ela mama, meu pau flácido, sua boca me engole , eu adoro , ela me puxa um beijo, lembra que sou sua esposa, não importa tudo que passamos vc e meu marido e eu sou sua, ela se solta , deita ,Roberto bebia e ve agente , eu agora saio da cama , ela deitada respira fundo , relaxa, vou pego um suco levo para ela , passo a mão em suas coxas , bunda costas , ela me olha o suco , ela fica de lado bebe um gole, me dá o copo , me puxa , para ficar ali ,sento ela deita sua cabeça na minha coxa , fico ali , tiro cabelo do rosto , ela diz que precisa de uma minutos, mando ela ficar quieta , um sorriso , e fica quieta olhos fechados, Roberto tôma seu uísque e olha ela ali . Eu vou saindo e deixo ela ali , ,eu olho, estava linda , toda cheia de marcas vermelhas, mas nada que amanhã nem aparece , eu sento, Roberto me olha,agradece , eu simplesmente, _ não é a mim que tem de agradecer , e sim , vc foi do jeito que ela gosta, nada afoito e seu jeito, ela pedia vc fazia sem pressa no ritmo dela , bem ficamos assim ele via ela , ela estava nos ouvindo, ela reclama que estava arrombada , ainda tremendo . Ela se levanta vou perto ela segura minha mão, me abaixo solto as sandálias ela agora vai tomar uma ducha. Vou recolhendo as roupas dela , Roberto ajeita as dele , ela sai , pega as roupas , Roberto vai , mas antes abraça ela é beija, um beijo pegado , ela de boa , ele entra vai se lavar , ajudo ela conversamos ela tremia , e fala baixo , vc me arrombou ,foi fundo em meu rabo e minha boceta ainda tá pulsando . Eu a beijo, ajudo , sutiã   calcinha , calça blusa , Roberto sai eu vou, falta o escarpim eles conversam , ela , falou pra ele que agora ele não ia esquecer aquela noite tão cedo ,Roberto agradece, conversam eu saio já vestido , Roberto já pediu a conta e vamos ,ela se segura em mim , vamos embora pegar nosso carro, dou boa noite , me cumprimenta, Paty ia descendo , Roberto puxa ela pelo pescoço um beijo sugado ele suga a língua dela , melado, ela pára sai , fecha a porta, ele vamos marcar para um sitio , quero vc na piscina , o que acha .Ela ri ,então é só marcar . Vamos embora , ela encosta o banco deita , e vamos saindo , ela pega em minha perna , um eu te amo sai , um aperto em minha coxa , eu olho , vejo ela . A semana foi show, ela estava com um tesão daqueles eu aproveitei muito minha esposa. Deliciaaaaaa.


Comentários

alerandrovegas em : 20/09/2020

Olá, para aqueles que quiserem entrar em contato passe email por aqui , singles de São Paulo, entre 45 e 50 anos no aguardo