Lesbos

Publicado por: darksol em 25/02/2019
Categoria: Poesia
Leituras: 485 / Votos: 2 / Comentários: 2
Venho de Lesbos (Mitilene)
Sou mulher sou Jardim
De onde as guerras ceifam homens
Desde o Egeu até os confins.

Sou perdiz de voo curto
Perdida entre os trigais.
Sou de Lesbos, ilha distante
Onde o varão não habita mais.


Sou flor sem rega sou falena
Procurando luz e calor
No colo de outra menina
Sou Colombina , beija-flor.


Necessito do incenso
Da flora da tua boca.
Da tua mão frouxa e macia
A me buscar já quase louca!


Serei o Nilo a penetrar
O teu delta por inteiro.
Serás minha chuva no Saara,
Serás pastora e eu, Cordeiro !


.......Darksol


Comentários

darksol em : 25/02/2019

Valeu mesmo....


teca em : 12/08/2020

Uau, obrigado pela leitura, adorei.