Quero

Publicado por: cesar em 20/04/2018
Categoria: Poesia
Leituras: 2998 / Votos: 1 / Comentários: 0
Quero alguém que me chama de gostosa, me diga o quanto eu o excito, o tesão que tem por mim.
Quero alguém que fique de pau duro só com o toque em meu corpo, ou melhor, só de olhar para ele.
Quero alguém que goste, além da minha bunda, mas das estrias que vem junto. Alguém que me pegue de quatro, puxe meu cabelo e me chama de safada, puta, entre quatro paredes.
Alguém que não tenha pressa para tirar a roupa. Beije cada pedaço do meu corpo, e aprecie o momento. Gozar é apenas uma consequência.
Tire minha calcinha com a boca, perceba o quão molhada estou e fique com a boca por lá mesmo, até eu gritar por não aguentar de tesão.
Alguém que goste do sexo calmo, mas sabe deixar selvagem no momento certo. Alguém que queira o famoso sexo papai e mamãe, mas se estivermos na rua com vontade, vai me pegar ali mesmo, dentro do carro.
Alguém que além do sexo comigo, se masturbe pensando em mim.
Que me veja como uma pintura, e queira descobrir cada detalhe do meu corpo.
Alguém que divida seus fetiches mais loucos, e que possamos realiza-los juntos (não apenas o meu, mas o dele também - transar é uma via de mão dupla).
Que me amarre na cama, me chupa, me bata, me beije e me coma.
Mas que ao final do dia estará ao meu lado dormindo da forma mais carinhosa possível
A famosa conchinha.


Comentários

Seja o primeiro a comentar nesse conto