Minha prima sapatão II

Publicado por: frano69 em 12/07/2019
Categoria: Incesto Hetero
Leituras: 390 / Votos: 1 / Comentários: 1
Desde que comi o cu da minha prima Elisa, sapatão assumida, a nossa relação entre primos não foi mais a mesma. Sempre trocávamos mensagens carinhosas via MSN e até tínhamos conversas cada vez mais picantes por vídeo chat. Num desses bate-papos ela pediu que eu botasse meu pau pra fora e se masturbasse até gozar. Me senti intimidado a fazer tal coisa, mas bateu aquela ideia da contrapartida: se Elisa ficasse nua pra mim na webcam dava pra bater uma punheta bem gostosa pra ela que não pensou duas vezes tirando tudo e aproveitou pra fazer uma dancinha sensual alternando carícias nos mamilos e tocando seu grelo de pernas abertas. Aquela visão me deixou bem excitado e mandei ver na punheta. Elisa ficava o tempo todo lambendo os lábios pedindo que eu gozasse pra ver. Não demorou muito e... soltei jatos de porra pelo chão. Ela pirou com aquela cena e quando menos esperei marcou um encontro comigo para o dia seguinte. Na hora marcada ela chegou com uma amiga, a Vânia que dizia ser bissexual. Me deu um gostoso beijo na boca e me convidou para irmos até um motel próximo. A exemplo de Elisa, Vânia era um avião em forma de mulher: morena alta (1,70m) corpo escultural, seios fartos e uma bundona daquelas. Quando adentramos no quarto as duas garotas começaram a se beijar e se acariciar ficando as duas nuas num piscar de olhos. Minha ereção foi quase instantânea. Rapidinho fiquei nu e me joguei no meio das duas beldades trocando todo tipo de toques. Adorei um beijo de língua a três, enquanto bolinava a buceta de Elisa que, por usa vez tocava o grelo de Vânia que me punhetava levemente para depois cair de boca no meu cacete pagando um delicioso boquete. Elisa passou a me beijar no boca freneticamente esfregando seu corpo no meu. Senti seus mamilos ficarem bem duros e sua buceta bem encharcada com toda aquela putaria a três. Ficamos mais ou menos uns 20 minutos naquela pegação até que Vânia me pediu para foder sua buceta e ela ia chupar a xana da minha prima. Coloquei-a de quatro e enfiei meu cacete buceta a dentro. Vânia era bem apertadinha, pois transava mais com mulheres do que com homens. Elisa se deitou de frente pra ela oferecendo seu bucetão para ser chupado, o que Vânia o fez prontamente. Continuei bombando bem forte até sentir que Vânia começou a gemer cada vez mais alto e gozou no meu pau, soltando um líquido transparente. Elisa rapidamente pediu que eu tirasse meu pau dentro de Vânia para sugar seu gozo. De pernas bem abertas vi minha prima chupar sua amiga que voltou a soltar um esguicho de quase 30 centímetros de gozo, delirando de prazer. Fiquei só observando como duas mulheres transam alisando meu pau de leve. Vânia logo percebeu que eu queria comer Elisa e não se fez de rogada:
- Vem gata, me chupa, me lambe. Deixa teu primo de comer, vai.
- Só se for no cuzinho. A buceta eu não dou.
- Que é isso menina. Só desta vez. Homem assim mulher nenhuma pode deixar na mão. Deixa de frescura e dá logo essa buceta.
- Tá bom, mas tem que ser bem devagar primo. Não mete com força que eu não tenho costume.
Como já estava no clima, me posicionei atrás que Elisa que estava de quatro e meti na sua buceta encharcada, o que facilitou a penetração. Fiz aquele vai e vem bem compassado para não machucá-la. Em pouco tempo seu grelo ficou bem inchado dando claras amostras que estava gostando. Elisa e Vânia gemiam feito loucas com tanta chupação e meteção. Quando estava dentro de Elisa vi Vânia gozar umas cinco vezes soltando squirting na cara da minha prima que engolia tudo. Elisa subiu mais um pouco ficando em cima de Vânia, alcançando sua boca, trocando beijos pra lá de molhados. Como uma estava em cima da outra na posição papai-mamãe aproveitei para meter nas duas bucetas que roçavam uma na outra, alternando ora na Buceta de Vânia, ora na buceta de Elisa. Foi uma verdadeira loucura comer duas mulheres de uma só vez, mas no fundo era a minha tara secreta, aliás desejo da maioria dos homens pelo que soube. Bombei alternadamente até sentir que meu gozo estava vindo. Anunciei pra duas que colocaram seus peitos a disposição de receber toda minha porra. Gozei igual a um cavalo. Elisa sugou tudo até a última gota e colocou tudo na boca de Vânia que chupou meu cacete até ficar completamente flácido. Ficamos os três exaustos por mais de uma hora. tomamos banho juntos e nos recompomos. Perguntei a Elisa sobre sua amiga Vânia e a resposta que eu tive é que ela era uma mulher casada, liberada pelo marido para sair com mulheres, mas que nada a impedia de transar com homens também. Depois desse gostoso encontro a três, Elisa acabou por convencer Vânia a me dá seu telefone e sempre que podia agente dava uma escapada no motel para uma transa "normal" entre homem e mulher.


Comentários

joelson em : 13/07/2019

Muito bom